14.5.07

do fim de uma era

era uma vez um lugar legal. num reino aqui pertinho. onde as pessoas eram legais e a trilha sonora era melhor ainda. o hino era um banquete. "a heart of stone / a smoking gun". o único problema era ser mantida refém na pista de dança. mas o povo gostava. tinha bebiba e diversão para todos. eram muitos todos, aliás. uma pequena multidão. uma multidinha. que invadia este país, loucos para serem aprisionados na pista de dança.

e assim ele reinou, soberano, por muitos e muitos sábados.

porém,
como todo império,
depois do auge vem o declínio.

e as pessoas continuavam a ir. mas não eram as mesmas pessoas legais. tinha gente de passagem só. turistas. que ouviram falar de algo que parecia ser legal mas não sabiam exatamente pq. mas a música ainda era boa. ela resistia. e eu me mantinha refém da pista. as cotoveladas, os pisões, nada me expulsava dali. eu tinha chegado primeiro. junto com a música.
até que, um dia, a música resolveu que também não era mais a mesma. não sei exatamente pq. mas não eram mais irresistíveis. do meu lugar cativo, eu me mantinha alheia às pessoas esquisitas-que-empurram. mas, do mesmo lugar, eu não conseguia ficar parada esperando pela próxima.

e eu tive que assumir que eu perdi a batalha.
que um império declinou.
e que eu tenho que procurar novos horizontes para assentar acampamento.

e é com muita dor no coração.

Um comentário:

Féu disse...

Sentimentos compartilhados... quer uma dica? Quer, pois então... Tirana, na Av. São João...