17.12.08

da carta pro papai noel

seu noel,

venho por meio desta dizer que cansei desta vida. eu fui uma boa menina o ano todo e o que isto me rendeu? nada! chega de rodada-dupla, de acumular funções, de trabalhar de madrugada e de pegar freelas (ou "bico" mesmo, em bom português).
à 1 am da quinta-feira, nem no meio do trabalho pra amanhã, já sei o q eu quero: um marido. não precisa ser lindo, engraçado, fiel e companheiro. pode ser velho, feio, rico e à beira da morte.


grata,
a gerência.

Um comentário:

Lelê disse...

Será que esse marido teria um irmão, tão velho quanto, tão morrendo quanto, tão rico quanto, tão solteiro quanto e que me ame tanto a ponto de deixar tudo no meu nome?