24.6.07

do encosto

quase dormindo, depois de uma longa jornada noite adentro, tudo o que vc precisava era sonhar. com o além. com alhures. com outroras.
mas
no limite entre o sono e a vigília
o encosto-zombeteiro puxa seu pé no pé da cama.

Um comentário:

vento disse...

queremos dormir, e sonhar... deixe-nos, triste névoa
neste pensar
acode à praça dos aflitos
onde há muito o que consolar.
queremos dormir,
deixe-nos sonhar.