21.6.07

da conjunção cósmica

2007. junho. eu acordo. com uma música na cabeça. de 1987. eu tinha seis anos. a música é quase nova para mim. qdo eu tinha seis anos eu não ouvia the cure. com seis anos eu ainda chorava direito. deixei para choramingar só mais velha.
em 1987 ela deve ter sido bem famosa. ela deve ter feito a loucura das pistas em londres. pistas. londres. não era a minha. tb não devo ter ouvido à exaustão, por acaso, em uma rádio por aqui. rádio brasileira não toca músicas de pista de londres. não foi um big hit pop das massas. foi um big hit. em londres. de quem dançava em pistas.
2007. eu acordei com ela na cabeça. tinha que descobrir qual era. qual era e x a t a m e n t e. a melodia eu conhecia do lá-lá-lá. (eu não tava em londres em 87, mas ela ainda existia anos depois). achei. ouvi. decorei a letra. dancei sozinha no quarto. coloquei na playlist. num setlist futuro qualquer. ou seja, fiz tudo aquilo que uma música precisa para ficar entre as prediletas da casa.
2007. junho. tv. música de fundo de um programa sobre a banda. acho. mas aí, oquei.
2007. junho. pista predileta em são paulo. a música! dancei com um monte de gente animada que em 87 também não sabia falar inglês. e não é um desses lugares de flashback. isso é coisa da quem não teve infância. era uma pista. em 2007. em são paulo.
2007. junho. podcast. coisas novas. músicas que tocam nas pistas de londres em 2007. tá lá, entre o novo hype, entre o hype do mês passado, a música de 1987.
dentre todas as músicas de 1987. dentre todas as que foram escritas entre 87 e 2007. dentre todas as outras mais big hit de massa no brasil que a banda tem. dentre tudo isso, eu vivo topando com ela por aí. em junho de 2007.

Um comentário:

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.